O programa Minha Casa Minha Vida, utiliza a caixa econômica federal para facilitar a compra da casa própria pela população de baixa renda no brasil.

Minha Casa Minha Vida

O programa Minha Casa Minha Vida foi criado pelo Governo Federal, em parceria com estados, municípios, empresas e movimentos sociais. Gerido pelo Ministério das Cidades e operacionalizado pela Caixa Econômica Federal, o programa utiliza Recursos FAR (Fundo de Arrendamento Residencial) para viabilizar a construção de habitações para famílias com renda mensal de até R$ 1.600,00 ou até R$ 5.000,00. Segundo o governo, os investimentos devem chegar a R$ 125,7 bilhões até 2014.

A previsão é de que sejam construídas e, posteriormente vendidas, 400.000 unidades habitacionais em cidades cuja população é igual ou superior a 50 mil habitantes. Essas unidades habitacionais são voltadas para quem ganha até R$ 1.600,00. Para famílias com essa faixa de renda, a Caixa informa que a prestação mensal do financiamento é o equivalente a 10% da renda familiar, e que as parcelas mensais são no mínimo de R$ 50,00. O prazo para o pagamento é de até 10 anos.

Já para as pessoas com renda de até R$ 5.000,00, serão destinadas 600.000 unidades habitacionais. Para elas, a Caixa estipulou que, quem tem esse perfil de renda familiar, pode financiar até 100% do imóvel com prazo de até 30 anos para pagar. O interessado também pode usar recursos do FGTS para obter o financiamento da Caixa e ainda escolher se quer ou não dar um valor de entrada. A Caixa informa ainda que, em caso de desemprego, ela refinancia as parcelas em até 36 meses. 

Como participar do Minha Casa Minha Vida

Para que as famílias sejam beneficiadas pelo Minha Casa Minha Vida, municípios ou Governos dos Estados/Distrito Federal indicam as famílias que devem receber a nova moradia. A partir deste cadastro, a Caixa faz a seleção dos futuros beneficiados.

Quando esse cadastro termina, a Caixa entra em ação. O primeiro passo é assinar o Termo de Adesão entre a Caixa e o governo estadual ou municipal. Em seguida, a Caixa analisa as propostas de aquisição de terreno e do empreendimento e a documentação necessária para o desenvolvimento do processo.

No site da Caixa Econômica Federal é possível conferir os documentos necessários para a realização de todo o processo, como por exemplo, as Minutas de Contrato, a Relação de Documentos e Formulários Jurídicos, o Termo de Adesão a ser assinado com os Municípios e Manual do Programa Minha Casa Minha Vida - Produção de Unidades - Prefeituras e Construtoras, entre outros. 

Projeto Minha Casa Minha Vida

Os imóveis do projeto Minha Casa Minha Vida, sejam apartamentos ou casas, são limitados em 500 unidades por empreendimento. Segundo o projeto, as unidades habitacionais apresentam as seguintes características mínimas:

Casas Térreas

02 quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, com área útil mínima de 32 m².

Apartamentos

02 quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço com área útil mínima de 37 m². 

Obs: Condições de financiamento e taxas de juros podem ser alteradas a qualquer momento, consulte sempre a Caixa Econômica.

Financiamentos da Caixa

Este site tem por objetivo informar o público sobre modalidades e requisitos para crédito pela Caixa Econômica Federal. Não temos qualquer vínculo com a Caixa Econômica Federal, as informações disponibilizadas foram retiradas do site do próprio banco.